PRIMEIRA COLUNA. Os distritos de Patrocínio

Conhecimento. Sempre é bom tê-lo. Principalmente, quando ele se refere à terra natal. Em Minas, há 888 sedes distritais. Ou seja, vilas. E como é por demais sabido, há 853 distritos-sede municipais, que são as cidades. Assim, somando, o Estado conta com 1.741 distritos, no sentido geral. O município de Patrocínio tem cinco distritos. Patos de Minas tem sete. E Monte Carmelo, por exemplo, tem somente um (a cidade). Já Coromandel tem seis distritos. A existência de cartório é uma característica, quesito, de distrito. As informações são de agora (recentes) da Fundação João Pinheiro.

 

O MAIOR DISTRITO – O Município possui área de 2.875,01 Km². Nele, a maior sede distrital (vila) é Silvano, com 818,52 Km². E também o mais antigo. Silvano, com então nome de Folhados, foi criado por Lei Estadual nº 843 de 7/9/1923. Portanto, o distrito de Silvano tem quase 95 anos. Essa lei emancipou também o maior distrito patrocinense da época, que era Coromandel, que levou consigo o distrito de Abadia dos Dourados.

 

O MENOR E MAIS URBANIZADO – A área de Salitre de Minas tem apenas 125,93 km². Salitre é irmão gêmeo de Santa Luzia dos Barros com os 675,34 km². Pois, ambos, nasceram, pela Lei Estadual nº 2.764 de 30/12/1962. Essa mesma lei emancipou o então distrito de Patrocínio, Cruzeiro da Fortaleza (e seu distrito de Brejo Bonito), bem como estabeleceu que o distrito de Guimarânia fosse emancipado de Patos de Minas.

 

SÃO JOÃO, 64 ANOS – A Lei Estadual nº 1.039, de 12/12/1953, criou o distrito (vila) de São João da Serra Negra, com os seus 334,36 Km² de área. Embora, São João e Salitre de Minas sejam os menores distritos de Patrocínio, são os mais ricos, devido os minerais identificados em seus subsolos.

 

SÍNTESE – O Município conta com distrito sede (a cidade) e os seus quatro distritos (vilas): Salitre de Minas, Santa Luzia dos Barros, São João da Serra Negra e Silvano.

 

CURIOSIDADES – Patos de Minas, que é maior do que Patrocínio territorialmente, tem, além da cidade, os distritos de Bom Sucesso de Patos, Chumbo, Major Porto, Pindaíbas, Pilar e Santana de Patos. É bom ser lembrado que Patos emancipou-se de Patrocínio em 1866, quando era distrito patrocinense.

 

E MAIS... – O ex-distrito rangeliano de Coromandel, territorialmente maior do que Patrocínio, em seus 3.310 km² de área, abriga, além da cidade, os distritos (vilas) de Alegre, Lagamar dos Coqueiros, Pântano de Santa Cruz, Mateiro e a famosa Santa Rosa dos Dourados.

 

POR FIM – Que esses distritos permaneçam distritos por séculos. O País já possui municípios demais. Minas nem se fala. Criar município significa, nesse cenário, criação de estruturas públicas desnecessárias e onerosas (prefeito, vereadores, secretários, etc.). Só políticos mal intencionados gostam disso. Que Deus nos livre deles. Assim seja.


expressouniao 26062014 redehoje 600x100 insti