A Live Conexões Ambientais é uma iniciativa de ampliar a sintonia com o planeta, com foco no Alto Paranaíba e Noroeste Mineiro

A Cadoro Eventos coordena; Unicerp de Patrocínio e o IFET participam como membros do conselho consultivo. (Imagem: Lutz Peter por Pixabay )


Da Redação da Rede Hoje



Será realizado neste sábado, em Patos de Minas, Live Ambiental dedicada às comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, de 9 às 12 horas, no formato on-line, com transmissão pelo YouTube e Facebook da Cadoro Eventos em conexão com o Brasil e o Mundo. 

O evento contará com a presença de 2 (dois) ex-ministros do Meio Ambiente, do ex-presidente do Ibama, do relator Código Florestal, da Promotora de Justiça e Coordenadora Estadual de Defesa da Fauna e do Diretor da SOS Mata Atlântica, dentre outros. O patense José Henrique Porto Silveira é um dos maiores especialistas na área de educação ambiental, também estará presente entre os palestrantes.

A Live Conexões Ambientais (I Congresso Ambiental do Alto Paranaíba e Noroeste Mineiro), é uma iniciativa de ampliar a sintonia com o planeta, com foco no Alto Paranaíba e Noroeste Mineiro, abordando questões ligadas à sustentabilidade, trazendo para o debate pautas relevantes como: restauração dos ecossistemas degradados, recursos hídricos, conservação de solo, agricultura sustentável (desafio de produzir e preservar), os resíduos e suas destinações corretas (aterros sanitários), defesas da fauna (manejo populacional dos animais), educação ambiental e saneamento, a fim de estabelecer conexões com a Academia, ONGS, Governo, Setor Privado, com o intuito de promover e fortalecer as boas práticas ambientais. O Unicerp de Patrocínio e o Ifet participam como membros do conselho consultivo.

Muito mais que uma visão regional, o Congresso oferecerá uma plataforma de pluralidade e diversidade dos mais variados temas, por meio de seus painéis e palestrantes, sintonizados com questões nacionais e mundiais que possam somar e agregar conhecimento aos participantes.

A Live será destinada a estudantes de cursos com conexões na área ambiental, colaboradores de empresas, especialistas do meio ambiente, professores, servidores públicos, militantes da causa ambiental e população em geral.

As inscrições podem ser realizada pelo site www.cadoro.art.br, onde também estarão disponíveis a programação com os horários, painéis, currículos dos palestrantes. Aos participantes inscritos até dia 04/06/2021 será emitido certificado de participação de forma digital.

A realização é da Cadoro Eventos com produção do Colmeia Patos - Coletivo Local de Meio Ambiente, em parceria com instituições de ensino superior e técnico da região do Alto Paranaíba e Noroeste Mineiro, apoio do SEBRAE, empresas privadas e a participação de palestrantes de renome mundial.

O evento tem a coordenação de Geize Marques e Carlos Alberto Xaulim


PROGRAMAÇÃO

09:00 – ABERTURA

Geize Marques – Presidente do COLMEIA – Coletivo de Meio Ambiente Patos.

João Cruz Filho – Diretor Técnico Sebrae – MG

09:15 - EDUCAÇÃO AMBIENTAL – COMPARTILHANDO SABERES

GERÊ ALVES - Educação ambiental e cidadania.

Antônio Geraldo Alves Ribeiro (Gere Alves) - Zootecnista. Professor. Educador Ambiental. Mestre em Educação. 30 anos de trabalho com Educação Ambiental e 35 como professor. É pós-graduado em Gestão Ambiental e Biodiversidade, Educação Ambiental e Docência Universitária.

JOSÉ HENRIQUE PORTO SILVEIRA - Educação Ambiental e a criação de uma nova linguagem

Bacharel e licenciatura em psicologia, Mestre em Gestão Ambiental e Docente em pós-graduação nas áreas de gestão e educação ambiental. Exerceu diversos cargos nas empresas e instituições: Fundação Cetec, Arafértil, Vale S/A, Gerdau, Fiat, Chrysler, Cosimat, Cimentos Lis, Cimentos Nacional, Cimento Campeão e Grupo Ical. É sócio-diretor da Alternativa Educação Ambiental.

09:45 - AGRICULTURA SUSTENTÁVEL – O DESAFIO DE PRODUZIR E PRESERVAR

ROBERTO MESSIAS FRANCO - Cerrado – Caixa d’agua do Brasil

Geógrafo, Consultor, ex-Presidente do IBAMA; ex-Secretário de Meio Ambiente de Belo Horizonte e de Nova Lima, ex-Diretor Adjunto do Escritório para América Latina do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), ex-Diretor para América do Sul da UICN (União Internacional para Conservação da Natureza); ex-Presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente – MG; ex-Secretário da SEMA (Secretaria Especial do Meio Ambiente). Autor de 12 livros/capítulos e 98 trabalhos/ artigos publicados sobre temas ambientais

ALYSON PAULINELLI – Bioma tropicais – Produzindo no cerrado

Graduado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Lavras, no final da década de 60 fundou a Empresa Brasileira de Pesquisa Agrícola (Embrapa). Em 1971, assumiu a Secretaria de Agricultura de Minas Gerais e criou incentivos e inovações tecnológicas que tornaram o estado de Minas Gerais o maior produtor de café do Brasil. Foi ministro da Agricultura no governo de Ernesto Geisel, de 15 de março de 1974 a 15 de março de 1979, presidente do Banco do Estado de Minas Gerais, deputado constituinte e presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Em 2006 ganhou o prêmio World Food Prize, esse prêmio seria o equivalente ao Nobel da alimentação. Alysson Paulinelli é presidente executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (ABRAMILHO) e diretor da Verde AgriTech desde 2014. Em 2021, Paulinelli foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz.

10:15 - POLÍTICAS PÚBLICAS E MEIO AMBIENTE

MÁRIO MANTOVANI – Responsabilidade de todos.

Geógrafo, especialista em manejo de Bacias Hidrográficas, atua na área ambiental há mais de 40 anos. Trabalhou na Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e, desde 1991, está na Fundação SOS Mata Atlântica, onde é responsável pelo advocacy. Também atua na Frente Parlamentar Ambientalista desde 2007, quando ela foi criada, onde luta pela aprovação e implementação de leis ambientais. Seu foco está na implementação dos Planos Municipais de Mata Atlântica (PMMA), principal instrumento para aplicação da Lei da Mata Atlântica, que contribui para o planejamento das cidades do bioma, para a proteção da floresta e a qualidade de vida da população.

10:45 - DEFESA DOS ANIMAIS NA PROMOÇÃO DA SAÚDE ÚNICA

LUCIANA IMACULADA DE PAULA – O papel do Ministério Público na defesa dos animais.

Graduada em Direito XX, mestre em Engenharia Ambiental pela UFOP e doutoranda em Ciência Animal pela UFMG. É Promotora de Justiça e Coordenadora Estadual de Defesa da Fauna do Ministério Público do Estado de Minas Gerais. (não encontrei mais informações sobre a Luciana)

GUSTAVO XAULIM – Manejo populacional de cães e gatos

Graduado em medicina veterinário pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós-graduando em Medicina Veterinária Legal pelo Instituto Qualittas. Mestrando em Ciência Animal com ênfase em Epidemiologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Membro do Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD). Membro do Instituto de Medicina Veterinária do Coletivo (IMVC/ITEC). Membro da Comissão de Medicina Veterinária do Coletivo do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais (CRMV-MG). Possui experiência em Bem-Estar Animal, Saúde Pública, Zoonoses, Medicina Veterinária Legal e Medicina Veterinária do Coletivo.

11:15 - RESTAURAÇÃO DE ECOSSISTEMAS

JOSÉ CARLOS CARVALHO – Restauração de florestas

Graduado em engenharia florestal, servidor público de carreira aposentado e sócio-diretor da Seiva Consultoria em Meio Ambiente & Sustentabilidade Ltda. ME. Foi ministro do Meio Ambiente.Foi ainda Secretário-Executivo do Ministério de Meio-Ambiente, Diretor e Presidente do IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, Secretário de Estado de Meio Ambiente de Minas Gerais e Diretor-Geral do Instituto Estadual de Florestas - IEF/MG. Foi chefe da delegação brasileira na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a RIO + 10, realizada em Joanesburgo, em 2002.

APOLO HENRIGER LISBOA – META 2010 – Navegar, pescar e nadar no Rio das Velhas na RMBH

Doutor em Educação pela FAE/UFMG. Idealizador e fundador do Projeto Manuelzão mobiliza a sociedade para a recuperação do ecossistema bacia hidrográfica do Rio das Velhas, MG, uma sub-bacia da bacia do rio São Francisco. Graduado em Medicina Humana, em 1967, pela UFMG, possui Mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993), na área de Epidemiologia. É professor no Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, como preceptor do Internato em Saúde Coletiva. Ativista ecológico, mobilizador e formulador político, escritor, com livros e artigos de divulgação ampla na área literária, médica e política.

11:45 - SANEAMENTO AMBIENTAL

LÉO HELLER – Os Direitos Humanos à água potável e ao saneamento

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (1977), mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989) e doutorado em Epidemiologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995). Realizou pós-doutorado na University of Oxford, no período 2005-2006. É Doutor Honoris Causa pela University of Newcastle. Foi Professor Titular do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Minas Gerais, no qual atua como professor voluntário. É pesquisador do Instituto René Rachou, Fiocruz, desde 2014. Na UFMG, dentre outras funções administrativas, foi chefe de Departamento (1995), Pró-Reitor adjunto de Pós-Graduação (1995-98), Diretor da Escola de Engenharia (1998-2002) e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos (2006-2008). Foi editor nacional da Revista Engenharia Sanitária e Ambiental (1992-2011). Foi Relator Especial dos Direitos Humanos à Água e ao Esgotamento Sanitário, das Nações Unidas (2014-2020).

PAULO PIAU – Lixões e aterros sanitários.

Graduado em engenharia agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Magister Science em Zootecnia, também pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Foi assessor de planejamento e coordenação-geral da Acesita Energética S/A. Pesquisador e Superintendente de Operações na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), Chefe, do Centro Regional de Pesquisa do Triângulo Mineiro e Alto Parnaíba, EPAMIG, Uberaba, MG; Prefeito Municipal de Uberaba – MG por dois mandatos, Membro da Comissão Executiva, Pladir-Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas. Fundador, Fórum de Secretários Municipais de Agricultura do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas. Deputado Estadual por 3 mandatos consecutivos, Deputado Federal por dois mandatos e Relato do Código Florestal aprovado em maio de 2012.