SUS NO HC. Ministro da Saúde defende serviço oncológico de qualidade e promete visita técnica do Ministério ao HC Patrocínio

Os patrocinenses apresentaram ao ministro Mandetta o pleito da Habilitação em Alta Complexidade Oncológica pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que já foi aprovado em níveis Municipal e Estadual. 

Foto: Divulgação|HC

HC-MINISTRO

Durante a audiência o ministro falou em defesa da necessidade de um serviço oncológico de qualidade e prometeu uma visita técnica do Ministério da Saúde à Santa Casa de Patrocínio e ao Hospital do Câncer


Da Redação da Rede Hoje


Representantes do Hospital do Câncer de Patrocínio(HC) foram recebidos esta semana em Brasília pelo ministro da Saúde Luiz Mandetta. Eles levaram e apresentaram ao ministro o pleito da Habilitação em Alta Complexidade Oncológica pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que já foi aprovado em níveis Municipal e Estadual.  

Mandetta fez suas considerações em defesa da necessidade de um serviço oncológico de qualidade e prometeu uma visita técnica do Ministério da Saúde à Santa Casa de Patrocínio e ao Hospital do Câncer para que, preenchendo os requisitos, a instituição seja finalmente habilitada e comece a receber verbas federais. 

Estiveram presentes o presidente do HC Patrocínio Thiago Miranda de Oliveira, a deputada federal patrocinense Greyce Elias e a consultora de Gestão da entidade Lara Fonseca.  

“Essa audiência com o ministro da Saúde foi agendada com enorme agilidade pela deputada Greyce Elias, que logo que o processo de habilitação ‘subiu’ para Brasília conseguiu esta reunião demonstrando a força política da parlamentar patrocinense. Ela não tem medido esforços para auxiliar nossa sonhada habilitação pelo SUS e esse foi mais um passo importantíssimo dado nesse sentido”, diz o presidente Thiago Miranda. 

Segundo Lara Fonseca, a visita ao ministro representa a oportunidade de concretizar a Habilitação em Oncologia pelo SUS, à qual o HC trabalha fortemente há anos. “Ainda que não cubra os altos custos da instituição, possibilitará a ampliação do acesso e a integralidade do cuidado ao paciente. É certo que os desafios também serão maiores, pois os atendimentos tendem a aumentar consideravelmente”. 

De acordo com a consultora, Patrocínio e região têm urgência de um serviço SUS em Oncologia, “para que os pacientes não precisem se deslocar a longas distâncias em uma situação de fragilidade como essa. A consultoria é uma aliada dos gestores e equipes, que se encontram muito empenhados em fazer cada vez melhor e tenho certeza que farão”. 

(Matéria produzida com informações de André Luiz Costa da Comunicação HC Patrocínio)


camara 686x113px 14062019