Secretaria Municipal de Saúde realizou a Operação Fumacê e Secretaria de Obras operação limpeza para eliminar focos e criadouros




Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, iniciou trabalho de limpeza no canal da Avenida José Amando de Queiroz. Foto: Cristian Caldeira \Ascom PMP

WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam instabilidade no começo da tarde desta segunda-feira (4). Internautas em todo o mundo estão relatando dificuldade pra acessar os 3 serviços - todos eles pertencem ao Facebook. Reclamações também cresceram com relação a operadoras de telefonia e internet, inclusive no Brasil.

Às 13h10, o site Downdetector, que monitora reclamações sobre serviços da internet, registrava cerca de 40 mil queixas sobre o WhatsApp. Para o Instagram, eram cerca de 10 mil e, para o Facebook, 5 mil.

Instagram fora do ar: erro que aparece ao acessar o site nesta segunda-feira

O termo WhatsApp se tornou o primeiro nos Trending Topics do Twitter no Brasil por volta das 12h50. Cerca de meia hora depois, o concorrente Telegram, que segue no ar, passou a ser o segundo mais comentado.

O que dizem as redes

Ao g1, o Facebook informou que está investigando o motivo dessa instabilidade. No Twitter, os perfis do Facebook e do WhatsApp postaram: "Estamos cientes de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização assim que possível"..

Fonte: g1

O estado de Minas Gerais é hoje o maior produtor de morangos do país, com produção anual de 139 mil toneladas.

 

A cultura ocupa 2.8 mil hectares de plantio. São 7,8 mil agricultores familiares envolvidos na atividade.
Fotos: Emater|MG

O jogo, pela segunda rodada da Segundona mostrou qualidade das duas equipes: SEP e Inter de Minas



Oscar fez seu primeiro gols pela SEP.
Fotos: reprodução TV Hoje |Luiz Costa Junior

Magistrada coordenou o Grupo de Trabalho Fazendário no encontro, realizado pelo TJPE

Os Juizados Especiais da Fazenda Pública foram objeto de grupo de trabalho no Fonaje (Foto: Robert Leal/TJMG)

Da redação da Rede Hoje

A coordenadora dos Juizados Especiais de Belo Horizonte, juíza Flávia Birchal de Moura, representou o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Soares Lemes, no XLVIII Fórum Nacional dos Juizados Especiais (Fonaje), que tratou do tema "Reinvenção dos Juizados: adequações e desafios". O encontro foi realizado de 22 a 24/9 pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A magistrada também coordenou, com o juiz Salomão Akhnaton (TJES), um dos grupos de trabalho (GT) temáticos, voltados aos Juizados Especiais da Fazenda Pública.

O Fonaje foi aberto na noite de 22/9, com palestra virtual do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rememorou o início dos Juizados Especiais em seu estado de origem, Pernambuco, abordando ainda a evolução dessas unidades jurisdicionais e da Justiça brasileira ao longo das décadas.

O ministro tratou do crescimento dos juizados e de sua acolhida pela população, das contribuições da tecnologia para a atuação e dos desafios enfrentados, com o aumento das demandas e a pandemia do novo coronavírus. Falou, além disso, do compromisso do Judiciário com a agenda 2030 da ONU e a prevenção de litígios, bem como da importância da interdisciplinaridade e da adoção de medidas de inteligência.

"Diante da covid-19, tivemos muitos problemas e dificuldades, globalmente, mas surgiram soluções até então inesperadas, o que convenceu a todos da necessidade de se atualizar permanentemente e de promover a inclusão social. As cortes de justiça, de maneira geral, precisam ser repensadas, não apenas como um espaço físico, mas como um serviço que chega aos usuários para socorrê-las em suas necessidades e para solucionar os conflitos humanos", defendeu.

O magistrado ponderou que o processo paralisa a vida das pessoas, razão pela qual é preciso que os tribunais se empenhem em dar respostas eficientes. Ele ressaltou ainda que, nesse sentido, os juizados têm sido pioneiros na criação e recepção de ferramentas que dão agilidade e eficiência às rotinas e inovam a prestação jurisdicional, por meio da criatividade e de estudos especializados.

Resposta ao cidadão

Segundo a juíza Flávia Birchal de Moura, a discussão sobre a reinvenção dos juizados, tema do Fonaje, ganha importância extra se levados em conta acontecimentos recentes que afetaram todo o mundo, nomeadamente a crise sanitária iniciada em 2019, que estimulou e antecipou a implementação de inovações.

"A época que estamos vivendo exigiu várias medidas para que o juizado continuasse a oferecer o nível de atendimento que sempre prestou. Nossos serviços se caracterizam pela oralidade, presteza, informalidade e qualidade. Em Minas, projetos em que já vínhamos pensando antes da pandemia foram viabilizados", diz.


Segundo a juíza Flávia Birchal, os juizados da capital incorporaram novas tecnologias para manter o atendimento na pandemia (Foto: Eric Bezerra/ TJMG)

A coordenadora dos Juizados Especiais da capital explica que a atermação, o atendimento e as audiências virtuais permitiram que as partes acompanhassem os trabalhos sem sair de casa. Também possibilitou que os profissionais do Direito atuassem nas causas remotamente e que os servidores pudessem, em home office, realizar suas tarefas em segurança.

"As partes não precisam mais se deslocar a um prédio do juizado. É uma nova forma de atendimento, que se estabeleceu e vai permanecer após a superação desta situação pandêmica. Felizmente, o atendimento presencial já está voltando, mas aquela modalidade de atendimento continua sendo a prioritária", afirma.

Painéis

Na quinta-feira (23/9), a programação incluiu três painéis: "Inovação e Motivação", com a participação dos juízes Eunice Maria Batista Prado (TJPE) e José Faustino Macedo de Souza Ferreira (TJPE/Ideias) e o advogado e ativista de inovação Ademir Piccoli, sob a coordenação do desembargador Jones de Figueiredo Alves (TJPE); "Argumentação Jurídica e Juizados Especiais", com o professor e jurista Fernando da Fonseca Gajardoni e o juiz Tiago Gagliano Pinto Alberto (TJPR), tendo como coordenador o juiz Marcos Pagan (TJSP); e "Uso Sustentável no Sistema de Juizados", com palestras do juiz Alexandre Chini (TJRJ) e de Viviane Ferreira, representante do Centro de Inteligência da Justiça Estadual do Estado de Pernambuco (Cijuspe), sob coordenação dos juízes Ana Luiza Câmara (TJPE) e Joaquim Domingos de Almeida Neto (TJRJ).

GTs

A tarde desta quinta-feira também foi dedicada a grupos de trabalho temáticos: cível, coordenado pelos juízes Ricardo Chimenti (TJSP) e Sulamita Bezerra Pacheco de Carvalho (TJRN); criminal, com os juízes Mauro Ferrandin (TJSC) e Joaquim de Almeida Neto (TJRJ); fazendário, sob a responsabilidade dos juízes Salomão Akhnaton (TJES) e Flávia Birchal de Moura (TJMG); recursal, turmas de uniformização de jurisprudência (TUJ) e gestão, tendo como coordenadores os juízes Antônio Augusto Ubaldo (TJSC) e Aiston Henrique de Sousa (TJDF).

Encerramento

Na sexta-feira (24/9), a equipe da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) apresenta a palestra "Justiça Itinerante", com a desembargadora Cristina Tereza Gaulia e os juízes Erick Linhares e Eric Scapim Cunha Brandão.

Em seguida, apresentam-se o presidente do Fórum Nacional de Mediação e Conciliação (Fonamec), desembargador José Carlos Ferreira Alves (TJSP), e a presidente da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), juíza Renata Gil. Na sessão plenária, serão votados os enunciados aprovados nos GTs e lida a Carta de Recife.

Fonte: Ascom |Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG

Denúncia foi feita em depoimento de ex-diretor à CPI da ALMG. Objetivo seria favorecer empresa de secretário de Zema.

O ex-diretor João Polati prestou um depoimento contundente: “Por uma questão ética, eu tenho orgulho de ter sido demitido na Cemig" - Foto:Guilherme Dardanhan

Os produtores classificados serão informados sobre os lotes classificados após o evento de premiação da Expocaccer, que será realizado no dia 14/10


Da redação da Rede Hoje

Na terça-feira, dia 21, a Federação do Cafeicultores do Cerrado, entidade responsável pela organização do 9° Prêmio Região do Cerrado Mineiro, divulgou a lista com os nomes dos produtores classificados pelas cooperativas do Sistema Região do Cerrado Mineiro (RCM).

Essas cooperativas são responsáveis pelas Etapas Classificatórias do Prêmio e juntas farão um ranqueamento, para assim elegerem os campeões da Região do Cerrado Mineiro.

Com a divulgação dos classificados, a expectativa dos cafeicultores da Expocaccer – Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado só aumenta. Seguindo o regulamento do concurso, a cooperativa divulgou os nomes dos produtores, sem sinalizar as respectivas categorias e pontuações dos cafés.

Em mais uma safra de muito trabalho e determinação por parte dos cafeicultores, tivemos a honra de anunciar os produtores que participarão da Etapa Campões Expocaccer. Ao todo, foram divulgados 16 nomes, pois tivemos classificados em mais de uma categoria. Embora todos participantes sejam considerados vitoriosos pelo brilhante trabalho demonstrado até aqui, a divulgação dos classificados é um momento que aumenta a expectativa, tanto para cooperativa, quanto para os cafeicultores.”

Nos conta a Trader de Cafés Especiais da Expocaccer, Sandra Moraes.

Do total de 346 amostras enviadas para participar do 9° Prêmio Região do Cerrado Mineiro, a Expocaccer recebeu 190. Apresentaram amostras cooperados e associados das cooperativas do Sistema RCM.

Os produtores classificados na Etapa Expocaccer serão informados sobre os lotes classificados após o evento de premiação da Expocaccer, que será realizado no dia 14/10.

Neste mesmo dia serão divulgadas as respectivas categorias dos classificados e a Expocaccer reconhecerá os três primeiros lugares de cada categoria, sem informar pontuação.

Para a etapa regional, 10 dos 18 lotes ranqueados pela Expocaccer e por cada cooperativa do Sistema RCM participarão da final, na etapa regional do Prêmio, prevista para acontecer no dia 18 de novembro, onde serão revelados os nomes dos Campeões da Região do Cerrado Mineiro.

Abaixo segue a lista com os nomes dos classificados da Etapa Expocaccer, por ordem alfabética:

Agilmar Ferreira Pinto

André Diniz Freitas

Augusto Ferreira Guimarães

Beatriz Aparecida De Souza Guimarães E Outros

Celia Regina Alves Nunes

Danilo Barbosa

Erika Cristina Pires Ruiz

Gabriel Alves Nunes

Jorge Fernando Naimeg

Lázaro Ribeiro De Oliveira

Lucas Ribeiro Vinhal

Maria Soraia Guimarães

Marina Do Carmo Sant’ana De Carvalho

Ricardo Dos Santos Bartholo

Samir Aga

Sheyla Velloso Heitor e Outro

Fonte: ASCOM – Expocaccer

Na média nacional, a produção de café beneficiado em 2021 deve ser 25,7% menor do que no ano passado




A produção de café nacional, incluindo o arábica e o conilon, será de aproximadamente 46,9 milhões de sacas de café beneficiado, o que representa redução de 25,7% em relação à safra de 2020. Foto:Seapa|MG

Segundo entidade, as aplicações de Botox, aliadas ao tratamento fisioterapêutico contínuo, é um dos tratamentos mais indicados para a espasticidade muscular

Dileia Dornelas, enfermeira da Apae e o neurocirurgião Marcelo Gomes, durante aplicação de botox em paciente com paralisia cerebral  - Foto:Ascom|Apae

Com quase 7 mil metros quadrados de área construída, o novo Pronto Socorro conta com 36 leitos, 12 leitos pediátricos e 5 de emergência




O prédio – com toda a estrutura - foi construido com recursos próprios do muncípio - Foto:Asscom|PMP